10 filmes para refletir sobre Consciência Negra

Nesta semana de Consciência Negra, conheça 10 excelentes filmes que estimulam a reflexão sobre a situação do negro no Brasil e no mundo

Além dos livros, filmes são uma ótima maneira de saber mais sobre História. Nesta semana da consciência negra, confira 10 filmes que te farão refletir sobre a situação dos negros no Brasil e no mundo.

1.Faça a Coisa Certa (Spike Lee – 1989)

Sal (Danny Aiello), um ítalo-americano, é dono de uma pizzaria em Bedford-Stuyvesant, Brooklyn. Com predominância de negros e latinos, é uma das áreas mais pobres de Nova York. Ele é um cara boa praça, que comanda a pizzaria juntamente com Vito (Richard Edson) e Pino (John Turturro), seus filhos, além de ser ajudado por Mookie (Spike Lee). Sal decora seu estabelecimento com fotografias de ídolos ítalo-americanos dos esportes e do cinema, o que desagrada sua freguesia. No dia mais quente do ano, Buggin’ Out (Giancarlo Esposito), o ativista local, vai até lá para comer uma fatia de pizza e reclama por não existirem negros na “Parede da Fama”. Este incidente trivial é o ponto de partida para um efeito dominó, que não terminará bem.

* Assista ao Trailer

Continue lendo ’10 filmes para refletir sobre Consciência Negra’

Universidades têm até o dia 28 para aderir à seleção com nota do Enem

Instituições de ensino superior públicas e gratuitas têm até o dia 28 de novembro para aderir ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), seleção do Ministério da Educação feita com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A inscrição é feita via on-line.

A seleção dos candidatos às vagas oferecidas pelo Sisu terá como base, exclusivamente, os resultados obtidos pelos estudantes no Enem de 2014. O termo de adesão terá prazo para retificação de 4 e 10 de dezembro próximo.

O Enem substituiu o vestibular na maioria das universidades públicas brasileiras. Além do Brasil, importantes instituições portuguesas, como a Universidade de Coimbra e da Beira Interior já aceitam o Enem como forma de seleção para receber alunos brasileiros. (G1)

Dica da Pedagoga: Vídeo “Como fazer arrastadinho”

Para quem trabalha com criança, este jogo é uma boa possibilidade de desenvolver atenção, coordenação motora, trabalho em grupo e, principalmente, para brincar e se divertir muito. Assista ao vídeo e saiba mais!

* Por Sandra Stroisch, consultora pedagógica da Gennera.

Calendário de Capacitação/Dezembro

A programação completa de capacitação para o mês de dezembro/2014 já está disponível. Você pode baixar o arquivo (PDF) na aba “Capacitação” do blog NotaMáxima ou no endereço http://www.notamaxima.net.br/site/capacitacao

A importância da leitura

O hábito da leitura é um dos mais importantes para o desenvolvimento do intelecto e também o caminho mais curto para adquirir conhecimento. Em meio ao boom tecnológico das últimas décadas, esse hábito acabou ficando de lado, sendo substituído primeiro pela televisão, depois pelos computadores, pelos videogames e agora pelos smartphones.

No quê a leitura ajuda?
A leitura é a maneira mais antiga – e mais eficiente, até hoje, de adquirir conhecimento. E é preciso desconstruir aquela ideia de que ler é um hábito chato e monótono. Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, ler revistas, sites, gibis, livros de romance, entre outras leituras de entretenimento, é tão eficaz quanto ler um livro técnico. A diferença é que ler sobre algo técnico oferece conhecimento sobre aquele determinado assunto, enquanto ler sobre variedades estimula o raciocínio e melhora o vocabulário. É clichê, mas é fato: somente escreve bem quem lê bastante.
Continue lendo ‘A importância da leitura’

Piores hábitos de estudo

Às vezes a gente estuda muito para uma determinada matéria, e mesmo assim não conseguimos ir bem. São madrugadas afora se esforçando ao máximo e o resultado ainda assim é decepcionante na hora das provas. Mas, será que estudar a qualquer custo funciona? Existem alguns hábitos de estudo que mais atrapalham que ajudam, confira:

1. Sublinhar/destacar tudo
Este hábito não ajuda em nada, já que não cumpre o papel básico do ato de “destacar”, que é lembrar apenas detalhes importantes. Quando o estudante sublinha tudo, ele não consegue focar em nada, e acaba se desesperando ao ver a quantidade de coisas que (teoricamente) tem que aprender.
Continue lendo ‘Piores hábitos de estudo’

Novas realidades educacionais

A sociedade como um todo é responsável pela educação. Todo individuo é capaz de ser educado e tem direito a receber educação. Devemos, pois, criar ambientes diversificados de ensino e aprendizagem onde os sujeitos que aprendem (alunos e professores) possam aumentar a sua própria potencialidade e aprender a viver em sociedade.

Para ser professor do século XXI é necessário desenvolver novos papéis e novas realidades educacionais. Atualmente, devemos nos preocupar com a extensão do ser de cada aluno, com a natureza compartilhada da educação, com a necessidade de aprendizagem continuada, ter responsabilidade pela qualidade, enfatizar a importância do trabalho coletivo na escola e trabalhar a inovação e criatividade. Quando falamos em novos papéis, traduzimos a necessidade de ensinar em contextos multi culturais, considerar os alunos na sua personalidade, requerer o desenvolvimento de competências sociais, incluir alunos com necessidades especiais e trabalhar em equipe.

Continue lendo ‘Novas realidades educacionais’

Como dividir e calcular tempo de estudo

Para ter uma rotina de estudos eficiente e evitar maus resultados em exames por falta de preparo, é importante criar um cronograma de estudo. Seja você vestibulando ou não, é imprescindível organizar seus afazeres.

Existem algumas medidas que podem facilitar o momento de estudo em casa. Veja abaixo pequenas atitudes que podem melhorar o seu rendimento como estudante e otimizar o seu tempo de estudo.

Organização
Organizar-se é a coisa mais importante. Você precisa estar ciente do tempo que tem disponível para estudar. Faça listas, calendários, cronogramas e principalmente: tenha uma agenda. Mantenha sua agenda organizada, e atualize-se através dela. Anote tudo: provas, trabalhos, festas com amigos, viagens, etc. Qualquer coisa que ocupe o seu tempo deve estar nela.

Continue lendo ‘Como dividir e calcular tempo de estudo’

Cativando Alunos para o Ano Seguinte

Com a chegada do quarto bimestre do ano letivo, é importante que a direção da escola se organize no sentido de preparar os aspectos físicos da instituição para o ano seguinte, pois os prédios sempre precisam de reparos.

Pensando numa boa liderança em relação ao gestor escolar, pôr em prática o desejo de se ter uma escola apresentável, para conquistar novos alunos e manter os que ali já estão matriculados, é talvez o maior dever do mesmo. Mas o que fazer para que a evasão escolar não aconteça?

Continue lendo ‘Cativando Alunos para o Ano Seguinte’

10 dicas para escolher a carreira

Talvez escolher a carreira  que vamos seguir seja um dos momentos mais difíceis da vida. A escolha tem que ser feita numa idade na qual ainda não temos experiência de vida nem autoconhecimento suficientes para fazer uma escolha certeira, e às vezes pode parecer uma tarefa impossível. Mas com algumas dicas simples, a decisão pode se tornar menos difícil.

1. Pesquise
Se você ainda não sabe que caminho seguir, pesquise. Leia sobre diversas áreas, sobre as universidades que te interessam, sobre os cursos que cada uma oferece, e sobre o que cada curso faz. Às vezes temos uma noção muito superficial de determinada profissão. É importante estudar as grades curriculares dos cursos que te interessam, e se você ainda não decidiu nem a área – ciências humanas, exatas ou biológicas – talvez esse processo te auxilie.

Continue lendo ’10 dicas para escolher a carreira’

A imaginação necessária no uso de tecnologias e seus dilemas

A vida é cheia de paradoxos. Um dos mais curiosos é a situação em que a mudança parece necessária, mas por isso mesmo, com receio de piorar o que não se percebe como muito bom, nada muda. Aplicável a relacionamentos, negócios e tudo mais, é também o caso na educação.

A literatura documenta o otimismo que marcou, e ainda caracteriza, muitas vezes, a introdução de uma série de tecnologias na escola: o rádio, a TV e mais recentemente o computador, os dispositivos móveis e a internet. No entanto, com frequência os resultados parecem mais modestos dos que as expectativas. Uma explicação comum é que, se a adoção de tecnologias não modifica as práticas de ensino e aprendizagem, o que ocorre é geralmente mais do mesmo. Há uma animação bastante popular no YouTube (mais de 600 mil visualizações) que ilustra bem essa ideia.

Continue lendo ‘A imaginação necessária no uso de tecnologias e seus dilemas’

Caneta azul não é permitida no Enem; tire suas dúvidas sobre o exame

Provas acontecem no próximo fim de semana, a partir das 13h; candidato deve levar documento com foto e caneta preta

No próximo final de semana, 8 e 9 de novembro, mais de 8,7 milhões de candidatos farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2014 (Enem).

Os estudantes devem chegar a partir das 12h (horário de Brasília) em seu local de prova, levando documento com foto e caneta preta de corpo transparente. Lápis e caneta azul não serão admitidos na correção da prova. Sabia disso? Se você ainda tem dúvidas sobre o Enem, confira abaixo respostas de 25 perguntas sobre o exame.

Continue lendo ‘Caneta azul não é permitida no Enem; tire suas dúvidas sobre o exame’

Veja dez filmes lançados este ano que podem ajudar no estudo para o Enem

Assistir a filmes e documentários podem ajudar na preparação final para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Questões históricas, conflitos atuais e relação do homem com a tecnologia e com o meio ambiente são temas que costumam ser abordados no Enem estiveram em cartaz em produções do cinema lançadas este ano. O G1 lista abaixo dez filmes de 2014 que valem a pena assistir antes das provas dos dias 8 e 9 de novembro.

1) ‘Getúlio’
Apontado por muitos professores como um tema quase certo na prova deste ano por causa dos 60 anos do suicídio de Getúlio Vargas, a vida e a morte do ex-presidente é mostrada no filme de João Jardim estrelado pelo ator Tony Ramos (veja trailer acima).

O longa começa com o atentado da rua Tonelero, 19 dias antes de Vargas cometer suicídio, quando ele começa a sofrer pressões para renunciar à presidência, no dia 24 de agosto de 1954.

Conteúdo: História do Brasil. Pode cair na prova de ciências humanas.

Continue lendo ‘Veja dez filmes lançados este ano que podem ajudar no estudo para o Enem’

Quero andar com a minha turma

É normal, com a chegada da adolescência, que os jovens não queiram mais participar de passeios com a família, por acharem que isso é coisa de criança.

Todos os dias vemos em praças e shoppings da cidade grupos buscando sua liberdade de expressão, bem como forma de manifestar seus desejos e opiniões, num grupo em que se identifiquem melhor, que tenham a mesma forma de pensar, de agir e de se vestir. São as diferentes “tribos”, como eles mesmos chamam.
Continue lendo ‘Quero andar com a minha turma’

A independência da criança

Presenciar uma criança organizando seus brinquedos, servindo um prato de comida, enchendo um copo d’água, trocando de roupa, tomando banho, dentre várias outras coisas, é muito interessante. Podemos notar o quanto se envolve, buscando várias tentativas para conseguir o que deseja.

Existem pais que superprotegem tanto os filhos que eles não conseguem adquirir espaço para crescer e tornar-se independentes, muitas vezes até manifestam a vontade de fazer por si só, mas onde os adultos não permitem.

Continue lendo ‘A independência da criança’

10 passos para planejar a carreira de professor

É inevitável constatar que, diante do desprestígio social, a carreira do professor há tempos deixou de seduzir os jovens universitários. Sobram indicadores para apontar a queda livre. O que surpreende é o que está na contramão desse senso comum: a constatação de que existem professores bem-sucedidos, realizados profissionalmente e com salários bem acima da média do mercado. Afinal de contas, seria possível sonhar com o casamento entre realização profissional e prática do magistério?

Especialistas em recursos humanos apontam caminhos que, segundo eles, podem, sim, fazer a diferença na carreira. Um deles, segundo Marcelo Maghidman, da Tafkid Marketing Educacional e Cultural, é vincular precocemente teoria e prática. “Essa experiência é determinante na progressão da carreira”, sinaliza. E lembra que o diploma inicial é condição necessária, mas está longe de dar respostas a todas as exigências da profissão. O que se espera – e que faz a diferença – é que o professor, como qualquer outro profissional de outros setores, invista em sua formação.

Continue lendo ’10 passos para planejar a carreira de professor’

Aprenda a fazer a redação do Enem passo a passo

O formato de redação escolhido pela grande parte dos vestibulares, inclusive pelo Enem, é a dissertação-argumentativa. Esse gênero textual possibilita que o estudante construa uma tese inicial e a defenda diferentes pontos de vista ao longo do texto. Separamos aqui algumas dicas para você construir um bom texto. Confira!

1º) Veja o tema de redação e faça uma leitura cuidadosa da prova - Essa é a principal dica e vai influenciar todo o seu desempenho. Leia e releia a proposta e os textos de apoio. Dê uma lida também nas questões da prova. Pode ser que alguma informação ajude no tema da redação. Atenção: essa etapa é essencial para que você não fuja do tema.

Continue lendo ‘Aprenda a fazer a redação do Enem passo a passo’

Arte e celular na sala de aula

A aula começa e, em poucos segundos, o professor percebe que os estudantes estão como um olho no quadro/livro/explicação e o outro no celular. Proibidos em muitos sistemas de ensino público e privado, os aparelhos, conectados à internet, estão presentes do Ensino Fundamental ao Superior. E você sabe: esta realidade não é, de forma alguma, privilégio de poucos. O que fazer?

Para a professora de arte, Vanessa Carvalho, proibir parece ser o caminho mais fácil do que pensar em novas estratégias de trabalho. Lecionando na Escola Municipal Getulândia, no município de Rio Claro, no Estado do Rio, Vanessa surpreendeu os estudantes do nono ano. Durante suas aulas, o celular não só devia estar ligado como também era objeto fundamental e indispensável para a realização de um trabalho de arte contemporânea.
Continue lendo ‘Arte e celular na sala de aula’

Bullying: “Agredir o outro, sem razão, é maneira de atenuar a dor e o estado conflitivo”

A alta prevalência de casos de bullying não é novidade nos dias de hoje. Com o advento da Internet e das redes sociais fica cada vez mais fácil intimidar, ameaçar e perseguir aqueles ou aquelas considerados mais frágeis ou que não se encaixam nos padrões de determinados grupos. Os meios eletrônicos têm sido, inclusive, usados para escolherem as vítimas, como é o caso de meninas que por serem “bonitas demais” e gostarem de se expor na Internet são agredidas e desfiguradas.

Em entrevista à Adital, o psicólogo e professor da Faculdade Santa Marcelina (FASM), em São Paulo, Breno Rosostolato, fala sobre o assunto. Um dos alertas do especialista é que, se não tratado na infância e adolescência, o bullying pode deixar marcas profundas e a vítima pode crescer carregando traumas, ansiedades e conflitos enraizados na violência sofrida.
Continue lendo ‘Bullying: “Agredir o outro, sem razão, é maneira de atenuar a dor e o estado conflitivo”’

Comunicação interrompida. É proibido usar celular

Discutir o uso de celular na sala de aula não é tarefa fácil. Existem muitas divergências a respeito dos pontos positivos e dos negativos, muitas teorias acerca da dispersão dos alunos e muito medo das potencialidades do “aparelho”.

Recentemente, a Lei nº 18.118/2014, de 24 de junho, proibiu o uso de aparelhos/equipamentos eletrônicos em salas de aula no estado do Paraná.

No momento, houve muitas expressões de entusiasmo dos professores que se manifestaram a respeito. No entanto, a lei é bem confusa e eu sei que muitos não leram com atenção esta parte: “os aparelhos serão permitidos em classe apenas para fins pedagógicos, sob orientação e supervisão do profissional de ensino, porém, a mesma não prevê uma punição padrão para os alunos e professores que utilizarem os aparelhos em classe”.

Continue lendo ‘Comunicação interrompida. É proibido usar celular’